Skip links

Fito-purificação

Funcionamento 

Por detrás desta palavra está uma solução natural de purificação individual. A fito-purificação (ver definição) tira partido do poder purificador das plantas e do micro-ecossistema em torno das suas raízes. As bactérias aeróbicas (que necessitam de oxigénio e não emitem maus odores) comem a matéria orgânica e transformam-na em matéria mineral que pode ser assimilada pelas plantas. Estas espécies vegetais são capazes de absorver poluentes como os fosfatos. As plantas mais utilizadas são os bambus e os juncos. 

As águas residuais são tratadas em várias fases:

  • Um primeiro tratamento através do cascalho e das raízes das plantas retêm as partículas grossas na superfície
  • Tratamento de compostos químicos através de várias bacias constituídas por substratos e plantas que absorvem nitratos e fosfatos. 
  • Tratamento biológico porque as bactérias transformam os depósitos em nutrientes para as plantas 

A fito-purificação reduz a poluição das águas superficiais e subterrâneas.

Como um lembrete, a água negra é a água proveniente de sanita e pode ser usada como composto. As águas cinzentas são águas residuais usadas em processos de lavagens não-industrial.

fito purificação